Atualizamos nossa política de privacidade para atender às novas leis de proteção de dados. Ver Política de Privacidade ›

Glossário Equinix

TermoDefinição
Registro de acessoO Equinix Customer Portal exige uma atribuição de acesso de segurança. Você pode solicitar um "conceder acesso" ou um "remover acesso".
ACLLista de controle de acesso. Usada pelos clientes para ativar e comunicar a autorização de acesso ao site para funcionários aprovados e fornecedores terceirizados. Os clientes podem manter as ACLs via GCP/ECP ou entrando em contato com o Equinix Global Service Desk (GSD).
AMAccount Manager (Gerente de Contas)
AMERAméricas (Estados Unidos, Canadá, Brasil)
APÁsia-Pacífico, também conhecida como APAC
APACÁsia-Pacífico, também conhecida como AP
ARD Data de resolução alternativa
A-Side DemarcO ponto de demarcação do cliente que faz encomendas
ASTSAutomatic Static Transfer Switch (Central automática de transferência estática)
BACnetUm protocolo de comunicação de dados para a construção de redes de automação e controle.
BASBuilding Automation System (Sistema de automação predial).
BCIBusiness Contact Information (Informações de contato comercial)
BCMBranch Circuit Monitoring (Monitoramento de circuito de derivação). Um sistema de monitoramento utilizado para registrar e monitorar um circuito elétrico individual. Os parâmetros normais monitorados incluem a amperagem, voltagem, fator de potência, potência aparente (volt/ampere), potência real (watts) e uso de energia (watt-hora). O circuito de derivação é normalmente definido como um circuito alimentado por um disjuntor único ou conjunto de disjuntores de 3 fases em um painel com vários disjuntores.
BICSIBuilding Industry Consulting Service International (Serviço Internacional de Consultoria para a Indústria de Construção)
Blanking Panel Dispositivo montado em espaços U não utilizados em um rack que restringe o fluxo de ar de recirculação, também chamado de supressão ou placas de enchimento.
BMRBiometric Reader (Leitor biométrico)
BMSBuilding Management System (Sistema de gestão de construção), sinônimo de BAS, AMS e outras ferramentas baseadas em computador usadas para gerenciar ativos de data center.
BOMBill of Material (Lista de materiais)
BTUBritish Thermal Unit, a unit of energy (Unidade térmica britânica, uma unidade de energia) 1kWh = 3412btu. A capacidade de refrigeração do equipamento é normalmente especificada em btu/hr.
Bypass Airflow (Fluxo de ar de desvio)O ar-condicionado que não alcança os equipamentos de informática. Com ventoinhas de velocidade fixa (comuns em equipamentos DX), parte do ar de desvio será inevitável e não terá contenção, e a outra parte será prudente. O ar de desvio não intencional pode ocorrer pelo escape através de cortes no cabeamento, orifícios debaixo dos racks, pisos perfurados mal colocados ou orifícios nas paredes do perímetro da sala de computador.
CGraus Celsius
CCCross Connect. Nos data centers da Equinix, os Cross Connects são simplesmente mídias físicas, não circuitos. Os clientes do IBX podem usar Cross Connects para diversas finalidades, incluindo peering privado, prestação de serviços, conectando-se a WANs (redes de longa distância) privadas ou conectando-se com a estrutura central de interconexão.
R/ARefrigeração/Aquecimento
RackDispositivo que funciona como suporte para equipamentos de TI, também chamado de rack
CCFCold Aisle Containment system (Sistema de contenção de corredor frio) que direciona o ar refrigerado do equipamento de ar-condicionado para a parte interna dos racks de maneira altamente eficiente.
CADECorporate Average Data Center Efficiency (Eficiência corporativa média de data center).
CapExCapital Expense (Despesas de capital), o custo de aquisição de bens de capital.
Emissão de carbono Uma medida do volume de dióxido de carbono gerado por operações de negócios; normalmente, as unidades são as toneladas métricas.
CFACarrier Facilities Assignment or Circuit Facility Assignment (Atribuição de instalações de operadoras ou atribuição de instalações de circuito)
CFD Computational Fluid Dynamics (Fluidodinâmica computacional, uma técnica de análise numérica normalmente utilizada na análise do fluxo de ar em data centers).
CFMCubic Feet per Minute (Pés cúbicos por minuto), uma unidade de taxa de fluxo, normalmente usada para especificar o fluxo de ar.
CFRCapacity Feasibility Review (Análise de viabilidade da capacidade)
RefrigeradorUma unidade composta por um compressor, uma seção de condensação e uma seção de expansão. As seções de condensação e expansão quase sempre têm água ou glicol como agente de transferência de calor para o resto do sistema; com água/glicol primário no lado de condensação e água secundária no lado de expansão.
Close Coupled Cooling (Refrigeração de acoplamento curto)Tecnologia de refrigeração instalada junto aos racks do servidor, diminuindo o caminho que o ar deve percorrer da unidade de condensação ao longo do equipamento de TI e de volta para a mesma unidade.
CMRCritical Maintenance Request (Solicitação de manutenção crítica)
COChange Order (Pedido de mudança)
CoECoeficiente de eficiência. Métrica do Uptime Institute baseada no modelo de coeficiente de eficiência Nash-Sutcliffe.
Corredor frioUm corredor em que os racks estão com a frente virada para esse mesmo corredor. O fluxo de ar resfriado é dirigido para esse corredor para que, em seguida, tal fluxo possa entrar pelas frentes dos racks de uma maneira altamente eficiente.
Cold Spot (Ponto frio)Uma área em que a temperatura do ar ambiente está abaixo dos níveis desejados. Normalmente, é causado pela gestão ineficiente do fluxo de ar, que necessita de um ponto de ajuste de temperatura mais baixo do que o que seria necessário com uma gestão adequada do fluxo de ar.
Colocolocation
ContençãoO uso de cortinas longas ou plástico rígido para manter uma barreira física entre o corredor quente e o frio. Manter o ar de exaustão distante da entrada dos racks do servidor é fundamental para que um data center seja mais eficiente.
Cooling Tower (Torre de refrigeração)Um dispositivo que resfria a água por meio da evaporação direta de uma parte da água. A água é bombeada para o topo da torre de refrigeração e escorre sobre o abastecimento, normalmente pastilhas ou tiras, para um reservatório na parte inferior da torre de refrigeração. O ar é aspirado das partes laterais sobre o abastecimento por ventoinhas localizadas na parte superior da torre, evaporando parte da água, o que refrigera a água restante. A temperatura da água no reservatório é controlada pela variação da velocidade das ventoinhas. A água do reservatório é então utilizada para refrigerar a seção de condensação de um refrigerador ou o loop secundário diretamente por meio de um trocador de calor (consulte "economizador do lado molhado").
COPCoefficient of Performance (Coeficiente de desempenho); usado para avaliar a eficácia de bombas de calor ou unidades de refrigeração. É a razão da carga em uma unidade de refrigeração e a energia usada por esta.
CRSala de computador
CRACComputer room air conditioner (Ar-condicionado da sala de computador; pronúncia: crack), que utiliza refrigerante e um compressor. A refrigeração do ar no data center é realizada por meio do fluxo de ar sobre as bobinas de evaporação em que o refrigerante é "diretamente expandido" (ver DX).
CRAHComputer Room Air Handler (Manipulador de ar da sala de computadores; pronúncia: craw), que utiliza a água refrigerada que passa pelo trocador de calor para refrigerar o ar que percorre o trocador de calor.
CRDCustomer Requirements Document (Documento de exigências do cliente)
Critical Load (Carga crítica)Equipamento de computador cuja disponibilidade é crítica, normalmente com suporte de um sistema UPS.
CSICold Supply Infiltration (Índice de infiltração do fornecimento de frio), determina a quantidade de ar quente que se mistura ao ar de entrada frio antes de entrar no rack.
CSMCustomer Success Manager (anteriormente conhecido como Client Services Managers)
CTCurrent Transformer (Transformador de corrente), um dispositivo usado para transformar a corrente elétrica de um nível para outro com uma razão específica. Por exemplo, um transformador de corrente de 5000:5 transforma a corrente do lado primário para corrente do lado secundário com uma razão de 1000:1. Geralmente, os transformadores de corrente são usados para transformar correntes grandes em correntes bem menores, para que o equipamento de medição padrão possa ser utilizados em uma variedade de circuitos por meio da medição da corrente secundária, em vez da corrente primária, que é a maior.
CUECarbon Usage Effectiveness (Eficácia do uso de carbono), uma métrica definida pelo Green Grid, que é a medida de sustentabilidade em termos de emissões de carbono específicas de um data center. O CUE é calculado pela divisão das "emissões totais de CO2 decorrentes da energia total do data center" pelo "consumo de energia do equipamento de computação de TI". Uma maneira alternativa de calcular o CUE é multiplicar o PUE anual do data center pelo fator de emissões de carbono da região, conforme determinado pela EPA. As unidades de CUE são os quilogramas de dióxido de carbono por quilowatt-hora.
Cutout Uma área aberta
CW Chilled Water (Água refrigerada)
CXCustomer Experience (Experiência do cliente)
D/HDesumidificação/Umidificação.
DCData Center
DCDirect Current (Corrente direta), um método em que não há variação de tempo no fornecimento de energia. Embora seja ligeiramente mais eficiente do que a AC se utilizada entre a parte DC do sistema UPS e os fornecimentos de energia do equipamento de TI, ainda não conquistou ampla aceitação em data centers modernos.
DCiEData Center infrastructure Efficiency (a infraestrutura de eficiência do data center) é uma métrica desenvolvida pelo Green Grid, calculada pela divisão do consumo de energia do equipamento de TI pelo consumo de energia de todo o data center. Essa medida é o inverso do PUE.
Zona mortaUma técnica de controle que evita a oscilação ou falta de necessidade de ciclo de uma variável controlada. Na refrigeração de data centers, normalmente se aplica à ação do CRAC ou CRAH relativos ao ponto de ajuste. Uma determinada quantidade de zona morta em torno do ponto de ajuste evita ciclos desnecessários do compressor ou da válvula de água refrigerada.
Delta TA diferença de temperatura ao longo de um dispositivo. Os exemplos são a diferença de temperatura entre a entrada e a saída de uma peça do equipamento de TI ou entre a entrada e a saída de uma unidade de refrigeração (CRAC ou CRAH). O delta T, o fluxo de ar e a dissipação térmica estão relacionados: dissipação térmica = fluxo de ar x delta T x calor específico do ar.
Dew pointA temperatura em que o ar alcança a saturação de vapor d'água. O ponto de condensação é uma constante para uma quantidade específica de água em uma determinada quantidade de ar, enquanto a umidade varia com a temperatura. A última especificação ASHRAE para condições ambientais em data centers inclui um limite superior para a umidade baseada no ponto de condensação.
Dry CoolerUm líquido para o ar do trocador de calor que funciona como um radiador no qual o ar é ventilado por meio de ventoinhas. Normalmente, é utilizado como um dispositivo de rejeição de calor para condensadores refrigerados por água ou glicol e também pode ser usado como dispositivo de rejeição de calor em bobinas refrigeradas por líquido em um AHU em condições ambientais adequadas.
Dry-Bulb Temperature (Temperatura de bulbo seco)A temperatura do ar medida por meio de um termômetro bulbo seco, de tal modo que a refrigeração por evaporação não tenha efeito. Geralmente usada em conjunto com uma leitura de bulbo úmido, o que inclui o efeito de refrigeração por evaporação, a fim de determinar a umidade relativa.
DWDMDense Wavelength Division Multiplexing (Multiplexação por divisão no comprimento de onda)
DX Direct Expansion (Expansão direta). Refere-se ao uso de refrigerante diretamente expandido em bobinas de evaporação no fluxo de ar de fornecimento de uma unidade de ar-condicionado.
ECEEEquinix Carrier Ethernet Exchange™
ECOEquinix Customer One. Programa usado por toda a empresa para simplificar e padronizar a forma de fazermos negócios com nossos clientes.
EconomiaUma maneira de utilizar o ambiente local em torno do data center para auxiliar no resfriamento da carga de TI por meios naturais em vez de usar mais energia. Existem dois tipos comuns de economia, a economia do lado de ar e a economia do lado molhado; por vezes chamado de LINK. A economia é um grande benefício para quem consegue tirar proveito dela, em virtude da oportunidade de economia de energia.
ECPEquinix Customer Portal
EDEquinix Direct
EFCEquivalent Full Cabinets (Racks completos equivalentes), a quantidade de racks completos que existiriam se todo o equipamento no data center estivesse concentrado em racks completos.
EISEnterprise Information Systems (Sistemas de informações corporativos)
EMEAEurope, Middle East, Africa (Europa, Oriente Médio, África)
EOCEquinix Operations Center
EQIXEquinix
ESDElectrostatic Discharge (Descarga eletrostática), mais conhecida como ‘descarga estática".
ESDEquinix Service Desk, agora conhecido como Global Service Desk (GSD)
FGraus Fahrenheit.
GFFunctional Group (Grupo funcional)
FOCFirm Order Commitment (Compromisso sólido de pedido)
fSnDFormer Switch and Data (Switch e dados antigos)
Ft2 Pés quadrados, uma unidade de área.
GAMGlobal Account Manager (Gerente de Contas Globai)
GCCGlobal Customer Care (Atendimento ao cliente global)
GCPGlobal Customer Portal. Também referido como Equinix Customer Portal (ECP).
GPLGlobal Process Library (Biblioteca de processos globais)
GPMGalões por minuto, uma unidade de taxa de fluxo.
GPOGlobal Process Organization (Organização de processos globais)
GSDGlobal Service Desk anteriormente conhecido como Equinix Service Desk (ESD)
GTSGlobal Technology Services (Serviços Globais de Tecnologia - também conhecidos como TI)
HACHot Aisle Containment (Contenção de corredor quente), sistema que direciona o ar quente da parte externa dos racks para os dutos do equipamento de ar-condicionado de maneira altamente eficiente.
Distorção harmônicaDistorção na forma de onda da tensão de linha. As formas de onda cíclicas podem ser descritas como a soma de ondas senoidais de diversas grandezas, que são múltiplos inteiros da frequência raiz (60 Hz, 120 Hz, 180 Hz etc.). Muitas vezes, os harmônicos são o resultado da carga não linear do sistema de distribuição de energia em virtude da natureza das fontes de alimentação de estado sólido. Os harmônicos são prejudiciais para a eficiência e capacidade do equipamento de fornecimento de energia e de rotação em razão das grandes perdas de corrente de Foucault e torques de frequência não essenciais.
HDGGalvanizado a quente.
Heat ExchangerUm dispositivo usado para transferir energia térmica de um meio para outro. Os trocadores de calor geralmente utilizados são os de água para ar em unidades de tratamento de ar, de placa e quadro em economizadores, etc.
Hot Aisle (Corredor quente)Um corredor em que os racks estão com a parte de trás virada para esse mesmo corredor. O ar de exaustão aquecido do equipamento nos racks entra nesse corredor e é direcionado para os escapes de retorno do CRAC.
Hot Spot (Ponto quente)Uma área normalmente relacionada a um rack ou conjunto de racks, em que a temperatura do ar ambiente está acima dos níveis aceitáveis. Normalmente, é causado por uma má-gestão do fluxo de ar (fornecimento de ar refrigerado insuficiente ou um excesso de recirculação).
HpCavalo-vapor
HPDHigh Power Density (Alta densidade de potência)
HPDCHigh-Performance Data Center, um data center com carga em kW acima da média, geralmente maior do que 10kW/rack
HrHora
HVACHeating, Ventilation and Air Conditioning system (Sistema de aquecimento, ventilação e ar-condicionado), o conjunto de componentes usados para condicionar o ar interno, incluindo os equipamentos de aquecimento e refrigeração, bem como a tubulação e os dispositivos relacionados ao fluxo de ar.
IBInstalled Base (Base instalada)
IBCCIntra-Building Cross Connect (Cross connect dentro do edifício)
IBIDIntra-Building Inner duct
IBXEquinix International Business Exchange™ (IBX®) data center
IBX FlexEspaço de escritório
ICEInternet Core Exchange
IDFIntermediate Distribution Frame (Quadro de distribuição intermediária)
IEEEInstitute of Electrical and Electronics Engineers (Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos)
IMImplementation Manager
Inlet Air (Ar de entrada)O ar que entra no equipamento mencionado. Em equipamentos de ar condicionado, este é o ar aquecido que retorna para ser refrigerado, também chamado de "ar de retorno". Em racks e servidores, este é o ar refrigerado que entra no equipamento.
In-Row Cooling (Refrigeração em sequência)Tecnologia de refrigeração instalada em sequência entre racks, em uma fileira que atrai o ar quente do corredor quente e fornece ar refrigerado ao corredor frio, reduzindo o caminho percorrido pelo ar (ver refrigeração de acoplamento curto).
IPInternet Protocol (Protocolo de Internet), uma tecnologia de comunicação que utiliza a Internet para a comunicação.
IRIncident Report (Relatório de incidente)
IRInfrared spectrum (Espectro de infravermelhos) utilizado por tecnologias de termografia.
IXPPonto de troca de tráfego de internet
JVMJava Virtual Machine (Máquina Virtual Java), intérprete de Java. Programa que converte a linguagem intermediária do Java em linguagem de máquina executável.
kBTUUnidade térmica britânica de quilo, 1.000 BTUs (ver BTU).
kCFMQuilos de pés cúbicos por minuto, mil CFM (ver CFM).
kVQuilovolts, mil volts, (ver V).
kVAQuilovolt-amperes = tensão x corrente (amperagem) (ver VA).
KVMKeyboard, Video, Mouse (Teclado, vídeo, mouse), uma tecnologia de interface que permite aos usuários acessarem diversos servidores remotamente, de um ou mais locais KVM. De forma indeterminada, também pode significar Máquina Virtual baseada em Kernel: uma versão da Máquina Virtual Java para dispositivos pequenos com memória limitada.
kWKilowatt
kWhQuilowatt-hora
Latent Cooling (Refrigeração latente) O processo de condensar a água a partir do ar e, em seguida, evaporá-la. A água gera energia durante a condensação. Se a água for evaporada posteriormente (tal como de uma bandeja), a quantidade de energia usada para evaporar a água será a mesma que a gerada pelo vapor d'água para o equipamento de refrigeração quando ela foi condensada. A refrigeração ocorre posteriormente, por isso o termo "refrigeração latente". Em um sistema no qual a água condensada é bombeada ou escoada, a refrigeração que pode ocorrer da evaporação não refrigera o ambiente em que a condensação aconteceu, assim, a capacidade de refrigeração gasta na condensação do vapor de água é desperdício de energia.
Latent Cooling Capacity (Capacidade de resfriamento latente)Capacidade de resfriamento relacionada à temperatura do bulbo úmido e objetos que produzem condensação.
LECLocal Exchange Carrier (Operadora de troca de tráfego local)
Line Noise (Ruído de linha)As distorções sobrepostas na forma de onda de energia podem causar interferências eletromagnéticas.
Liquid Cooling (Refrigeração líquida)Um termo geral usado para fazer referência a uma tecnologia de refrigeração que usa um calor evacuado por líquido. Em data centers, as duas formas predominantes de evacuação de calor são a líquida (água refrigerada) e refrigerante (DX).
LOALetter of Authorization (Carta de autorização)
Load (Carga)A demanda de um sistema, geralmente utilizada para descrever o consumo de energia no sistema de fornecimento de energia ou a necessidade de refrigeração no sistema de refrigeração. As unidades utilizadas são kW, BTU/h, toneladas etc.
MACDMove, Add, Change, Delete (Mover, adicionar, alterar, excluir)
MAHMakeup Air Handler, um manipulador de ar que condiciona e fornece ar exterior para um espaço ocupado.
Make-Up Air (Ar renovado)O ar-condicionado fornecido por um MAU ou MAH.
MAUMakeup Air Unit (Unidade de ar renovado), sinônimo de MAH.
Maximum Temperature Rate of Change (Taxa de variação da temperatura máxima)Norma da ASHRAI (American Society of Heating, Refrigerating and Air-Conditioning Engineers) estabelecida para garantir temperaturas de ar estáveis. O padrão é 9 graus F por hora.
MCMedia Converter (Conversor de mídia)
MDFMain Distribution Frame (Quadro de distribuição principal)
MERVMinimum Efficiency Reporting Value (Valor informado de eficiência mínima), norma 52.2 da ASHRAE para a filtração de ar em tamanho particulado
MLPEMulti-Lateral Peering Exchange (Troca de tráfego multilateral)
MMFMulti Mode Fiber (Fibra multimodo)
MMRMeet me Room
MPOEPonto mínimo de entrada
MRCMonthly Recurring Charge (Carga recorrente mensal)
MRRMonthly Recurring Revenue (Receita recorrente mensal - interpretação de MRC para uso interno)
N+1Necessidade + 1, um conceito de redundância em que a capacidade é configurada para incluir a capacidade utilizada mais um dispositivo adicional para habilitar operações contínuas com a falha de um sistema na configuração.
NEBSNetwork Equipment-Building System design guidelines (Diretrizes de design para sistemas de construção de equipamento em rede) aplicadas a equipamentos de telecomunicações.
NNINetwork to Network Interface (Interface rede a rede)
Nº.Número
NOCNetwork Operations Center (Centro de operações em rede)
Nominal Cooling Capacity (Capacidade de resfriamento nominal)A capacidade de resfriamento total do equipamento de ar-condicionado inclui as capacidades de resfriamento latente e sensível.
NPA/NXXCódigo de área e primeiros 3 dígitos de um número de telefone
NRCNon Recurring Charge (Carga não recorrente)
NSENetwork Support Engineering (Suporte de Engenharia de Redes)
NTPNetwork Time Protocol (Protocolo de tempo de rede)
OMOrder Management (Gestão de pedidos)
OpExOperating Expense (Despesa operacional), as despesas correntes relacionadas à operação do data center.
Overcooling (Resfriamento em excesso)Uma situação em que o ar é refrigerado abaixo dos níveis ideais. Normalmente utilizado em referência a temperaturas de entrada do rack.
PDUPower Distribution Unit (Unidade de distribuição de força), normalmente se refere a uma de duas peças de equipamento na cadeia de fornecimento de energia. Uma dessas peças é o painel de combinação transformador/disjuntor, muitas vezes utilizado entre um fornecimento de tensão do sistema de UPS mais alto do que o usado pelo equipamento de TI e os racks. A outra é um dispositivo parecido com um filtro de linha, utilizada na parte interior do rack para distribuir energia ao equipamento de TI.
PFPower Factor (o fator de potência) representa a parte da potência aparente que corresponde à potência real. A fonte do fator de potência é formada por componentes não resistivos (indutores e capacitores) na carga em um sistema de potência AC. Tais componentes atraem uma corrente que está 90 graus defasada em relação à tensão entre eles, resultando no fornecimento de uma potência real igual a zero. Embora o sistema de fornecimento de energia deva levar essa corrente (bem como toda a corrente que não resulta no fornecimento de potência real), nenhum trabalho útil é realizado. As empresas de energia frequentemente cobram uma multa por cargas que têm um fator de potência significativamente distante de 1,0, pois o tamanho do equipamento que deve estar posicionado no local depende da corrente total fornecida, mas a cobrança normal é baseada na potência real fornecida.
PHPhase (Fase), um termo que descreve a relação entre diversas formas de onda de variação de tempo que têm uma frequência constante, mas diferem na sua posição relativa ao tempo. Também é utilizado para se referir à quantidade de voltagens senoidais que compõem o fornecimento de energia a um dispositivo. As mais comuns são as trifásicas e as monofásicas. A monofásica é composta por 2 condutores entre os quais uma voltagem senoidal está presente. A trifásica é um conjunto de 3 ou 4 condutores. No caso de 3 condutores, uma voltagem senoidal de magnitude e frequência constantes, mas com relação diferente no que diz respeito ao tempo existente entre quaisquer 2 condutores. Em umsistema de 4 fios, a mesma voltagem do sistema de 3 fios existe entre qualquer um dos três condutores "quentes" e, além disso, entre qualquer um dos três condutores "quentes" e um quarto condutor neutro há uma voltagem menor por um fator da raiz quadrada de três do que a voltagem entre qualquer um dos condutores "quentes". Um exemplo é o sistema trifásico 208/120. Há 208 volts entre um dos três condutores "quentes" e 120 volts entre um dos condutores "quentes" e o condutor neutro.
Plate and Frame (Placa e quadro)Um tipo de trocador de calor comumente usado na água em sistemas de água. Ele é formado por uma série de placas fixadas em um quadro, no qual existem 2 caminhos para a água que são adjacentes, mas separados. A troca de calor na placa e no quadro são fáceis de dimensionar por meio da adição de outros componentes e a manutenção é clara, sendo feita por meio da desmontagem.
PlenumUma câmara de recepção para o ar utilizado para direcionar o fluxo de ar.
PMProject Manager (Gerente de projeto)
PMOProject Management Office (Escritório de Gestão de Projetos)
PNIPrivate Network Interface (Interface de rede privada)
POCPonto de contato (ver SPOC)
PoloUma sequência de recipientes com energia fornecida por um PDU.
Posição de poloUm receptáculo de energia em um polo.
POTSPlain Old Telephone Service (Telefone público comum)
PPPPolíticas, procedimentos, processos
Pressure Differential (Diferencial de Pressão)A diferença de pressão entre dois locais no data center. O ar flui de áreas com pressões maiores para áreas com pressões menores. Muitas vezes, o diferencial de pressão entre o plenum do piso inferior e o espaço do piso superior é controlado pela variação de velocidade das ventoinhas que fornecem ar ao plenum do piso inferior. Isso possibilita que a adição de pisos ventilados não afete o ar fornecido aos pisos ventilados existentes, a fim de que a carga de TI adicional possa ser colocada no piso sem prejudicar o ajuste do piso existente.
Primary Loop (Loop primário)Loop de água que refrigera o lado condensador de um resfriador. Esse loop é resfriado por resfriadores secos em torres de refrigeração.
TPTransformador de potência. Dispositivo usado para transformar potencial elétrico (tensão) de um nível para outro com uma razão específica. Por exemplo, um transformador de potência de 480:120 transforma a tensão do lado primário para tensão do lado secundário com uma razão de 4:1. Geralmente, os transformadores de potência são utilizados para transformar altas tensões em tensões bem menores, para que o equipamento de medição padrão possa ser usado em uma variedade de circuitos por meio da medição da tensão secundária, em vez da alta tensão primária.
PUPackaged Unit (Unidade embalada), um manipulador de ar que é um dispositivo completo pronto para uso, e não um dispositivo personalizado montado no local a partir de componentes.
QOHQuantity on Hand (Quantidade disponível)
RAHRecirculation Air Handler (Manipulador de ar de recirculação), um dispositivo que faz o ar circular, mas não o resfria.
Raised Floor (Piso elevado)Piso de metal em suportes que cria um plenum para o fluxo de ar e cabeamento, sinônimo de RMF.
RecirculaçãoO ar que sai do equipamento de TI e, em seguida, entra novamente no mesmo equipamento ou em outra peça dele sem ser refrigerado. Geralmente causado por um controle deficiente do fluxo de ar, em virtude da falta de blanking panels, lacunas em sequências, fornecimento de ar insuficiente, etc.
Return Air (Ar de retorno)O ar aquecido que retorna para o equipamento de ar condicionado.
RFIRadio Frequency Interference. (Interferência de radiofrequência).
RhRelative Humidity (Umidade relativa)
RMFRaised Metal Floor (Piso elevado), uma alternativa ao termo mais comumente usado: piso elevado.
ROIReturn on Investment (Retorno sobre o investimento), uma medida do dinheiro gerado por uma entidade como uma porcentagem do valor total de seus ativos investidos.
RPMRotações por minuto, uma unidade de velocidade angular.
RPPRemote Power Panel (Painel de força remoto)
RTURooftop Unit (Unidade de cobertura), um manipulador de ar projetado para uso ao ar livre, montado em um telhado.
S+SSistema mais sistema.
SCFMStandard Cubic Feet per Minute (Pés cúbicos padrão por minuto), a taxa de fluxo volumétrico de um gás corrigida para condições padronizadas de temperatura, pressão e umidade relativa.
SESales Engineer (Engenheiro de vendas)
Secondary Loop (Loop secundário)Água utilizada para refrigerar os trocadores de calor em AHUs e é refrigerada por meio da unidade de expansão em um refrigerador.
Sensible Cooling (Refrigeração sensível)A ação de reduzir a temperatura de ar do bulbo seco sem a ocorrência de condensação.
Set Point (Ponto de ajuste)Em um sistema de controle, este é o valor com o qual a variável que está sendo controlada será comparada. Os pontos de ajuste da temperatura e da umidade são comuns no sistema de refrigeração de um data center.
SHSmart Hands
Short Cycling (Ciclo curto)O fluxo de ar refrigerado que retorna às unidades de refrigeração sem passar pelo equipamento de TI, também chamado de desvio.
SLAService Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço)
SLOService Level Objective (Objetivo de nível de serviço)
SMESubject matter expert (Especialista no assunto)
SMFSingle Mode Fiber (Fibra monomodo)
SOPStandard Operating Procedure (Procedimento operacional padrão)
SOWStatement of Work (Declaração de Trabalho)
SPOCPonto de contato único (consulte POC)
SRService Request (Solicitação de serviço)
STORflexEspaço de armazenamento
STSStatic Transfer Switch (Central de transferência estática), um dispositivo de estado sólido que transfere a alimentação de energia de uma fonte para outra, assim como do utilitário de entrada para um gerador.
SubpisoA área aberta debaixo de uma sala de computador elevada, também chamado de plenum subpiso.
Supply Air (Ar de fornecimento)O fluxo de ar refrigerado emitido pelo equipamento de ar-condicionado.
TCETriton Coefficient of Effectiveness (Coeficiente Triton de Eficiência), uma métrica de eficiência do data center desenvolvida pelo Uptime Institute, sinônimo de UCE. (ver também CoE)
TCYTelecity
TermistorUm tipo de resistor com resistência que varia de acordo com a temperatura.
TIATelecommunications Industry Association (Associação da Indústria de Telecomunicações)
TSATransition Services Agreement (Acordo de Serviços de Transição)
UUma unidade de espaço em um rack, equivalente a 1,75 pol. A dimensão vertical de racks e equipamentos de TI é frequentemente especificada em "Us", como em 42U.
UCEUpsite Coefficient of Effectiveness (Coeficiente de Eficiência Upsite), uma métrica de eficiência do data center desenvolvida pelo Uptime Institute, sinônimo de UCE. (ver também CoE)
UPSUninterruptible Power Supply (Fornecimento de energia ininterrupto), um dispositivo colocado em série com o fornecimento de energia do utilitário que contém armazenamento de energia, de tal modo que o fornecimento de energia do sistema UPS seja contínuo, mesmo quando o fornecimento do utilitário for removido. Embora o armazenamento de energia baseado em bateria seja mais comum, o armazenamento de energia baseado em volante está se tornando popular em razão do custo de manutenção reduzido.
VVolt, uma unidade de potencial elétrico.
VAVolt-ampere, uma unidade de potência aparente. Em circuitos AC, a magnitude da tensão ao longo de um circuito multiplicada pela corrente ao longo do circuito é a potência aparente. Incluir uma representação do ângulo entre as duas formas de onda em forma de fator de potência (ver PF) produz a potência real.
VFDControlador de frequência variável, um dispositivo que fornece potência AC de frequência variável, normalmente usado para controlar a velocidade de motores de indução. No data center, é comum variar a velocidade de ventoinhas, bombas e refrigeradores.
VNIVirtual Network Interface (Interface de Rede Virtual)
VZVerizon
W Watt, uma unidade de potência comumente usada em discussões sobre energia. Os watts são o produto do potencial (volts, consulte V) e da corrente (amperes, consulte A). Se a corrente e a tensão forem AC, a relação entre watts, volts e amperes incluirá o fator de potência (consulte PF), watts = volts x amperes x PF.
Waterside Economizer (Economizador do lado úmido)Um sistema que usa uma fonte diferente de um refrigerador para refrigerar a água de loop secundário usada pelos AHUs. Normalmente, ele é composto por um refrigerador a seco ou torre de refrigeração, tubulação, válvulas e, no caso da torre de refrigeração, também inclui um trocador de calor, já que a água de loop secundário recebe um tratamento completamente distinto da água de loop primário e é comumente uma água bem "melhor".
Wet-Bulb Temperature (Temperatura de bulbo úmido)A temperatura do ar medida por meio de um termômetro de bulbo úmido, ou seja, a temperatura em que uma superfície molhada pode ser refrigerada por evaporação. Essa temperatura é afetada pela temperatura de bulbo seco e pelo ponto de condensação do ar. A temperatura do bulbo úmido do ar do secador é menor. Esta é uma restrição de concepção quando se utilizam torres de refrigeração ou capas de evaporação no processo de refrigeração.
WgPolegadas de coluna de água, uma unidade de pressão baseada na altura de uma coluna de água sustentada pela pressão diferencial entre as partes superior e inferior da coluna. 1 Polegadas wg = ,036 psi.
WIPWork in Progress (Trabalho em progresso)
Work Cell (Célula de trabalho)Área de um rack e a área relacionada imediatamente na frente e atrás do rack. Os racks padrão têm 2 ft (0,61m) de largura e 4 ft (1,21m) de profundidade. Os corredores padrão têm 4 ft (1,21m) de largura, assim, metade dessa área é o espaço de trabalho de um determinado rack. O resultado é uma célula de trabalho de 16 ft² (1,49 m²) O tamanho real de uma célula de trabalho varia de acordo com o projeto do data center.
WPSFWatts per Square Foot (Watts por pé quadrado), uma unidade de densidade de potência. Em relação a data centers, este é um termo geral faz referência à carga total em um espaço específico dividida pela área total desse espaço. Este é um parâmetro de concepção para a capacidade total dos sistemas de refrigeração e de energia e é utilizado em conjunto com a carga de ponto (a quantidade de carga em um espaço pequeno, como um rack).
WUEWater Usage Effectiveness (Eficácia do uso de água), uma métrica de sustentabilidade definida pelo The Green Grid, que é uma medida da água usada no local em operações de data center, incluindo a umidificação e evaporação no local para a refrigeração ou produção de energia. O WUE é calculado pela divisão do "uso anual de água" pelo "consumo de energia do equipamento de computação de TI". As unidades de WUE são litros/quilowatt-hora (L/kWh).
Z-Side DemarcClientes que não fazem encomendas (frequentemente, mas nem sempre uma Operadora)